RIP, Sai Baba

Tumblr_lk9ug3pevw1qgloxao1_500_large

Eu costumo evitar falar sobre religião em textos, pois respeito as crenças (ou a falta delas) de cada um. Essa semana, porém, fui informada de uma notícia que queria compartilhar.

Poucos de vocês sabem, mas no último domingo, no Domingo de Páscoa, faleceu uma das almas mais bondosas que viveram em nosso planeta nos últimos anos. O líder espiritual Sathya Sai Baba de 84 anos era conhecido no mundo inteiro por suas mensagens e ensinamentos sobre a paz interior e o amor. Nascido em um vilarejo na Índia, onde viveu até sua morte, Baba recebia milhares de visitantes em sua “Morada da Paz Suprema” que admiravam seus propósitos.

Baba, porém, ao contrário do que muitos possam pensar, não direcionava suas mensagens para uma religião ou tentava criar uma nova. Ele era adepto à Religião do Amor e, por isso, atraía seguidores de diversas crenças. O Avatar defendia apenas a sinceridade da fé, independente da religião à que fosse dirigida.

Sai Baba estava hospitalizado à um mês e sua morte foi  causada por falência múltipla dos órgãos. Seu desencarne foi uma perda lamentável para todos aqueles que acreditavam em suas palavras, mas podemos crer que sua vida não foi em vão. Seus ensinamentos continuarão a ser passados e ele, com certeza, continuará trabalhando para a paz no mundo, esteja onde estiver.

“Deus não está em religiões, mas em sua mente e em seu coração.” Sathya Sai Baba

Anúncios